03 fevereiro 2015

Novidade Literária#5


Oi, jovens leitores! Não sei se vocês ouviram falar sobre isso, mas em 2014 uma escritora decidiu publicar uma adaptação simplificada do conto “O Alienista”, de Machado de Assis, o que acabou gerando grande polêmica no meio literário, muitos concordou e outros discordaram totalmente.
A escritora disse que a linguagem dos livros do Machado de Assis é muito difícil e com essa publicação iria incentivar mais as pessoas a lerem clássicos e literatura brasileira.
O que você acha disso? Eu sinceramente discordo da ideia dela. Em minha opinião, com essa modificação do livro, o livro não se tornará mais o mesmo, não dará mais para identificar a escrita do Machado de Assis. Eu sei que o livro do Machado de Assis é realmente muito difícil de ler, mas será que esta é a única solução para incentivar as pessoas a lerem?  Pra mim, há diversos meios de incentivar a leitura, primeiramente vindo de casa e da escola e o nosso país também deve oferecer outros meios para incentivar à leitura. 

Espero que tenham gostado da novidade. Deixe sua opinião sobre o assunto. 
Beijos da Bia <3 

81 comentários:

  1. Oii...
    Machado de Assis é um ícone da Literatura brasileira!
    Gosto tanto do livro, Memórias Póstumas de Brás Cubas, mesmo com a "escrita" diferenciada que para alguns torna a leitura um pouco mais complicada.
    Beijinhos ;**
    Leitora Online

    Instagram | Twitter | Facebook

    ResponderExcluir
  2. Também discordo, acho que perderia totalmente a essência do livro.
    http://letrasemvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Biia!
    Bom, eu tenho grandes problemas com clássicos, e por isso concordo com a escritora, afinal, o livro pode perder a essência, mas nós saberemos da onde veio, e ao meu ver, quem gostar do livro, pode procurar o clássico para ler. Isso seria uma ótima forma de me ajudar a ler alguns livros clássicos da literatura brasileira.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Também discordo totalmente desta ideia! Acredito que alterando a obra, esta perde seu valor. Claro que continuará a ter o mesmo enredo e tudo mais, só que não será escrita pelo próprio Machado de Assis, os leitores estarão lendo um livro quase inteiramente escrito por outra pessoa. Eu acho que existem milhares de maneiras melhores de incentivar a leitura e também acho que existem idades para certos tipos de livros. Muitas escolas pedem para que crianças de 10 anos leiam Machado de Assis e, sinceramente, eu acho isso totalmente errado, porque é um tipo de escrita muito mais difícil que o normal e isso só ajuda a desinteressar as crianças.

    Beijosss
    http://bookspoison.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim como você acho um absurdo as escolas passarem livros como os do Machado de Assis para crianças, pois livros como os dele tem uma linguagem bem difícil e isso acaba tornando ruim para criança, pois ela vai achar que todos os livros são assim e não vai se apegar a leitura.
      Beijos :)
      http://leit0res.blogspot.com.br/

      Excluir
  5. Olá Bia
    Machado de Assis é clássico e por isso sua linguagem não pode ser coloquial, acho que iria estragar a história contada por ele. Não sou muito a favor disso não.
    Beijos
    www.asleiturasdamila.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Michele, ele foi e é um dos melhores escritores brasileiros. Aí a pessoas resolve mudar a linguagem de seu livro?! Acho um absurdo.
      Beijos.

      Excluir
  6. Oi Bia!

    Acho que o livro tem que ficar assim!
    Se nós lemos e compreendemos, por qual motivo os jovens de hoje não conseguem?!
    Isso é preguiça!

    Eles já tem tantas facilidades na vida! Passam de série sem estudar, tem tudo o que querem sem ter que trabalhar e não dão o menor valor pra isso!
    A vida deles e "Ostentar no Fluxo"... Affff!
    Deixem o Machado de Assis assim! Está perfeito! <3

    Beijokinhas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Giane!
      Realmente, é porque muitos tem preguiça, mas tem aqueles que tem dificuldade. E eu não concordo em você dizer que os jovens de hoje passam de série sem estudar, claro que existem alguns. Mas, eu por exemplo estudo em uma escola que tem que estudar muito para passar de série, pois quem não estudar não passa.
      Beijos :)

      Excluir
  7. Olá Bia!

    Eu discordo totalmente da modificação, não acho que isso irá incentivar outras pessoas a lerem, confesso que não sou muito fã do Machado de Assis, mas mesmo assim já li várias obras e achei um máximo, especificamente pelo fato que a linguagem usada é muito formal.

    http://anerdologia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele é conhecido pela sua linguagem, que é bem difícil. E se mudar, como é que fica?
      Beijos :)

      Excluir
  8. Oi Bia! Eu também acho que ela está errada em querer modificar um clássico como os livros de Machado de Assis. As pessoas que tem que amadurecer na leitura para lê-los e não os livros que têm que "se facilitar" para leitores inexperientes. Beijinhos, Beatriz.

    www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu a minha professora de literatura concordamos que é uma pessima idea. Tiraria toda a essência do livro.

    primaverei.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prevejo que minha professora de português ache o mesmo kk
      Beijos :)

      Excluir
  10. Acho bacana essa inovação. Aqueles que gostam da escrita do autor podem procurar pela obra original, mas é legal ter uma alternativa, ainda mais para aqueles que estão iniciando :)
    Abraços

    www.dezenoveprimaveras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião, para aqueles que tão iniciando é preciso ler livros mais fáceis, não é obrigado ser do Machado de Assis, adaptado. Aí quando tiver uma experiência maior com livros, leia livros como o do Machado de Assis.
      Beijos :)

      Excluir
  11. Qual é o problema disso? Eu já lia obras condensadas (como eram chamadas essas simplificações) quando estudava no ginásio (hoje Fundamental II) na década de 1990, inclusive obras de Machado de Assis, isso não é nenhuma novidade.

    Inclusive, o próprio Machado de Assis fazia isso no seu tempo, era fez adaptações de Dom Quixote, Fábulas de Esopo, Vários contos de Edgar Alan Poe para que oa jovens pudessem ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabia que o Machado de Assis tinha feito isso, bom saber rsrs.
      Beijos :)

      Excluir
  12. É uma forma de conhecer um pouco do livro. Machado tem sim uma linguagem um pouco mais difícil (principalmente para jovens, falo isso por mim que só foi ler mesmo o autor de verdade aos 16 anos), mas é aí que mora toda sua personalidade de escrita. A ideia é válida, porém não é a obra prima do autor.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fui ler Machado de Assis um pouco mais velha, com 15 anos, senti dificuldade, porém não acho certo fazer adaptação do seus livros.
      Beijos :)

      Excluir
  13. Eu discordo da ideia, tipo parece que ela quer levar o crédito pela a obra dos outros O.o
    Melhor ela ir fazer o livro dela mesmo rsrs.

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, talvez não, ela talvez só queira incentivar os jovens a ler, mas existem outras maneiras, na minha opinião, ela está indo pelo caminho mais difícil.
      Beijos :)
      http://leit0res.blogspot.com.br/

      Excluir
  14. Entendo que linguagem machadiana é mais densa que as demais, porém, acho que a editora deu um tiro no pé, porque lendo a adaptação, eles não vão procurar o original de forma alguma pois "para que eu vou ler o mais difícil se tenho uma opção mais fácil?"
    Machado é complicado, não é qualquer leitor que consegue ler com facilidade, requer tempo e atenção a leitura, quando era bem mais nova tentei e não entendia, hoje leio com facilidade a obra dele.

    http://www.eucurtoliteratura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, no começo é difícil, mas depois você se acostuma. E também acho que lendo adaptação, ninguém terá interesse pela obra original.
      Beijos :)
      http://leit0res.blogspot.com.br/

      Excluir
  15. eu gosto da ideia afinal é uma forma de homenagear um dos maiores ícones da literatura, Machado de Assis nunca perderá sua essência

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Eu não acho os livros do Machado tão difíceis assim. O problema é que muitas pessoas começam a lê-los com muito receio e preconceito, o que já cria uma aura de "não vou gostar do livro". As pessoas devem ler esses clássicos QUERENDO gostar deles, isso sim.
    Contudo, não chego a discordar da publicação de uma versão simplificada, que pode ser algo até bom, pois irá fazer com que essas pessoas receosas entrem em contato com uma história do Machado e perceber que é interessante, sim.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes eu tinha esse receio, mas depois propus um desafio para mim mesmo e falei que leria clássicos com vontade e realmente, se tornou mais fácil.
      Beijos :)
      http://leit0res.blogspot.com.br/

      Excluir
  17. Olá querida adorei seu texto, estou com um projeto de leitura dos clássicos brasileiros, pretendo estudar um pouco a literatura de Machado de Assis, José de Alencar ... Pois quero futuramente escrever um romance de época ambientado no Brasil, mas independente disso acho que todos devem ler as obras integrais desses autores,concordo com o que você escreveu, se adaptarem demais essas obras elas perderão o sentido , por exemplo; lendo Memorias Póstumas de Bras Cubas coce percebe que existem muitas gírias e palavreados caracteristicos daquela época que não podem ser digamos "atualizado" pois realmente perderia o sentido. Por isso a maioria dos meus livros clássicos são aqueles de capa dura super antigos, mas o problema deles é que algumas palavras precisam ser atualizadas para o padrão da nova ortografia.
    Já quanto a despertar o interesse nos leitores jovens eles deveriam apostar mais em adaptações como : filmes,séries,seriados jovens que faça menção a esses clássicos.

    Bjs, adorei o blog e já estou seguindo.
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que você gostou, fico muito feliz. E amei seu projeto, vou visitar seu blog para me manter atualizada e futuramente, quem sabe, ler o seu livro haha. Eu também sou super a favor de filmes clássicos, seria o máximo.
      Beijos :)

      Excluir
  18. Oi, Bia, acho que sou uma exceção à regra, mas gosto muito da ideia de reescrever Machado. Sou amante da escrita machadiana e, sinceramente, nunca foi difícil realizar as leituras, Dom Casmurro mesmo li aos 14. Porém, é fato que o jovem no Brasil não tem o mínimo interesse em ler. Essa nova edição de Machado funcionaria bem, porque as tramas dos enredos são maravilhosas e chamariam demais a atenção dos jovens. O papel do professor em deixar claro que aquilo não é realmente Machado, mas uma adaptação, seria fundamental, pois, assim, os jovens que se interessassem com certeza procurariam ler os integrais.

    Beijos

    http://www.abortoliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, quem sabe seja realmente bom, quem sou eu para dizer que não pode de maneira alguma e que será trágico neh?! Que bom que você gostar de livros do Machado.
      Beijos :)

      Excluir
  19. Oi Bia! Acho a ideia dela muito pertinente e assim até eu vou poder ler o livro. Já tentei ler algo do autor, mas foi bem difícil, pois não entendi muito

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li e tive dificuldade também, mas consegui.
      Beijos :)

      Excluir
  20. Eu gosto bastante de Machado de Assis, concordo que a linguagem do livro seja um pouco complicada, mas isso não tira a beleza da leitura e muito menos o entendimento.
    Beijos
    http://cheireiumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Bom, eu não acho que a ideia da autora ao todo é ruim, ela queria apenas conseguir tornar o entendimento da história mais fácil, assim incentivaria a leitura de clássicos, até acho que talvez seja uma boa ideia, mas ela não poderia modificar muita coisa, porque dai perderia toda a característica do Machado.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é o problema, os livros do Machado tem muitas palavras difíceis e se ela sair modificando tudo, perderá todo o sentido da história.
      Beijos :)

      Excluir
  22. Não sei bem em que posição fico... Por um lado, concordo com você, ela pode fazer perder essa característica do Machado de Assis Por outro, muita gente que não tem o costume de ler clássicos lê esse livro dela e pode acabar procurando ler a obra original, a "fiel". Acho um tema delicado de se discutir, a casos e casos e opiniões diversas. Acho que antes de tomar uma opinião é necessário ler a obra, e como não li, sinceramente, não sei que partido tomar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, muitos concordam e outros não concordo, cada um com sua opinião rsrs.
      Beijos :)

      Excluir
  23. OI Beatriz, tudo bem ... eu vi essa notícia, e sinceramente nao sei o que dizer pq se por um lado mudar a obra clássica de Assis não é legal, por outro pode incentivar mais jovens a lerem e quem sabe assim procuram a versão original nao e msm ? Eu prefiro sempre a versão original, por mais dificil q seja a compreensão, até pq isso nos força a buscar em dicionarios algumas palavras q não conhecemos, aumenta nosso conhecimento em vários termos e tbm conhecemos a personalidade do escritor, muito pela escrita. Ahh nao sei viu kkkk
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso que os jovens deviam fazer, usar o dicionário. Mas muitos tem preguiça e sempre que ir pelo meio mais fácil.
      Beijos :)

      Excluir
  24. Oi Beatriz,
    Sinceramente isso é assassinar a literatura brasileira!
    Como assim? Fazer uma adaptação simplificada de um clássico!
    Concordo com você, os pais e a escola devem estimular os filhos a lerem obras do tipo e desde muito novos, pois assim irão crescer com um vocabulário rico e com conhecimento de grandes autores.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, as escolas devem começar a passar livros desde crianças, só que livros infantis, assim a criança irá tomar gosto pela leitura.
      Beijos :)

      Excluir
  25. Oi eu realmente gosto do livro com a linguagem original,não mudaria nada pois Machado era autentico e mudando o livro não fica mais a mesma coisa suas belas histórias.
    Tenho coleção de livros dele aqui em casa e nunca achei difícil a leitura deles.
    http://magiasbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho muito incrível quando a pessoa é apaixonada por clássicos, tenho uma amiga que ler somente clássicos, haha.
      Beijos :)

      Excluir
  26. Oi, flor!
    Eu gostaria que você tivesse incluído o link da notícia no seu post, pois não posso opinar sem ver a proposta da autora. Apesar disso, é fato que existem boas adaptações de livros clássicos para permitir aos leitores infantojuvenis o bom entendimento da obra. A intenção é mais promover a leitura e o conhecimento básico de obras que influenciaram a literatura do que propriamente "substituir" os originais.
    Além disso, as versões adaptadas são geralmente mais compactas, o que permite serem melhor trabalhadas em contexto escolar. Já viu o tamanho do livro Os Miseráveis, flor? É enooooorme. Mas há adaptações muito menores, com fins didáticos.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, esqueci de colocar o link. Acho que as pessoas devem ter ficado perdida, esqueci mesmo. Sim já vi,ele é enorme mesmo,. Entendo seu ponto de vista.
      Beijos.

      Excluir
  27. Oi Flor! Eu concordo com vc, ele perde as características do Machado e passa a ser uma releitura da história! Acho válido ter essa opção para quem se interessar! Ainda fico com o original! Beijos

    ResponderExcluir
  28. Oii, tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar mas não me aprofundei no assunto.
    Eu particularmente não concordo, perderia toa a essência da obra do Machado, porém cada um é cada um...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, opiniões divergentes que devemos respeitar.
      Beijos.

      Excluir
  29. Olá!
    Eu entendo a intenção dela, mas discordo totalmente, pois penso que fazendo isso iria descaracterizar a obra do Machado.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho, porque pelo que vi da proposta dela, ela quer mudar as palavras que são irreconhecíveis para os jovens de hoje e os livros do Machado de Assis, tem a maioria das palavras que quase não são usadas hoje, aí mudaria o sentido do livro, na minha opinião.
      Beijos.

      Excluir
  30. Oiee ^^
    Nunca li nada do autor, mas concordo que mudar a linguagem e a o jeito que ele escrevia acabaria estragando a obra. Por mais difícil que seja, às vezes é bom conhecer um pouco uma literatura mais "antiga".
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem melhor, pois você imagina a época em que foi escrito e como as pessoas falavam naquele tempo.
      Beijos.

      Excluir
  31. Olaa, o primeiro livro que ganhei foi de Machado de Assis e li reli e nunca conseguia entender eita livro mais dificil, por ter sido o meu primeiro acho que foi por isso que não me apeguei muito a livros por q não entendia aquele kk mas depois conheci os livros de Agusto Curry e adoro os livros dele. Conconcordo com vc existem outras formas de insentivar a leitura. Bjas e boa semana. http://vihpaula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, deve ter sido ruim mesmo, seu primeiro livro esse, devia ter sido um pouco mais tarde, aí você entenderia melhor. Mas tente novamente.
      Beijos :)

      Excluir
  32. Não fiquei sabendo disso! Mas eu discordo tbm, Machado é icone, não tem que rever a escrita dele, concordo com que vc disse há varias outras maneira de incentivar a leitura e assim incentivo a leitura um dia a pessoa chega no patamar de ler algo do nivel do livro citado e entender e gostar
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Eu adoro livros classicos, e infelizmente ainda nao li O Alienista, mas quero muito ler, gosto de posts que resgatam esse tipo de livro!
    Beijos

    CarolMello.com

    ResponderExcluir
  34. Bom, talvez assim eu tivesse vontade de ler mais livros dele... Os únicos que li foram obrigações na escoa e detestei a linguagem....

    beijos
    colecionando livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, é difícil, mas o livro dele tem histórias muito linda.
      Beijos :)

      Excluir
  35. Olá!

    Vou confessar uma coisa, realmente não consegui entender muita coisa de Dom Casmurro, mas acho isso um completo absurdo, os livros de Machado de Assis são únicos por serem clássicos, não podem ser mudados. Nós é que devemos quebrar nossas cabeças e entender as palavras consideradas difíceis ou fora de época.

    http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li Dom Casmurro e achei ótimo, mas no começo do livro tive dificuldade também.
      Beijos :)

      Excluir
  36. Olá!
    Esse mês estou totalmente no vermelho. E apesar de curti alguns lançamentos, vou ter que deixar passar ):
    Beijos, Kamila

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  37. Oie, tudo bom?
    Seria melhor incentivar e mostrar as qualidades da literatura brasileira para os leitores, ao invés de tentar novas versões dos nossos clássicos. Não li todos os livros do Machado do Assis, porém, mesmo com a linguagem mais difícil, as histórias são bem trabalhadas pelo autor.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, as histórias deles são incríveis.
      Beijos.

      Excluir
  38. Vou discordar em um ponto: não acho a escrita do Machado de Assis difícil. Quer dizer, eu li somente "Memórias Póstumas de Brás Cubas", mas não tive tanta dificuldade assim. Tive que recorrer ao dicionário algumas vezes, obviamente, contudo isso não é dificuldade, visto que ampliei meu vocabulário.

    Achei essa ideia de "simplificar" a obra do autor não muito boa. Teremos algo que não foi o autor quem fez. Não gostei de saber que fizeram isso, fiquei bem chateada na época.

    Beijos,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou louca para ler "Memórias Póstumas de Brás Cubas".
      Beijão.

      Excluir
  39. Eu li muito sobre isso na época, acho sinceramente uma afronta, pois cada escritor tem uma particularidade e é exatamente isso que cada leitor busca, pelo menos eu acho....se é complicado de ler as vezes aquele leitor não está preparado para aquela leitura....não dá para querer ler machado de assis aos 10 anos por exemplo....
    Tem palavras difíceis? tem, mas poxa pega um dicionário....
    achei isso um meio de tornar o leitor preguiçoso.....mas quem quiser ler ótimo, problema da pessoa
    sou mais quando pegam a obra e vira filme, seriado, gibi, minisérie.....mas do jeito que ela é, resumida ou modificada não é a minha praia
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, eu vi na revista algumas obras clássicas modificadas para gibi e gostei bastante. Assim, a criança ler agora e quando estiver mais velha procura ler a obra original.
      Beijos.

      Excluir
  40. Oi flor, Sabia que eu gostei da ideia dessa autora? Eu acho que a intenção dela não é substituir a obra original e nem receber creditos por isso, mas sim incentivar aquelas pessoas que tem dificuldade em entender a escrita complexada do autor. E tem tem sempre aquela opção, aqueles que gostam da escrita de Machado de Assis, poderá sempre buscar pela escrita original, não vejo problema disso entende?! Gostei da Novidade. Olha eu não sou de ler muitos livros dele justamente por causa da sua escrita, não digo nem por causa da complexidade mais sim por causa das palavras complicadas de pronunciar que travavam minha leitura e deixava maçante e cansativa.

    bjuuus
    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  41. Até que ela teve uma intenção boa, mas ao mudar a linguagem do livro ela descaracterizou tudo, fazia parte daquela época o linguajar empregado na obra.
    Portanto mesmo que a intenção tenha sido das melhoras, eu discordo totalmente.

    Abraço,
    Diego de França
    Leitor Sagaz

    ResponderExcluir
  42. Olá Beatriz;
    Bom, eu não sou a melhor pessoa pra falar sobre, não gosto muito de ler esse tipo de literatura nacional por ter sido obrigada a lê-la na escola. A linguagem é deveras estafante e muitas vezes é o que nos faz desistir, mas taxar essa escritora e desfazer do seu livro, acho idiotice, acho que se ela pretende atrair leitores com uma linguagem mais fluída não tem nada demais, tenho a mente aberta para pessoas que querem mudar certos dogmas para o melhor. Machado é ícone? Sim, ele foi ótimo, mas passaram-se anos, e não vejo nada demais em alguém querer homenageá-lo incentivando a leitura de sua escrita de forma mais fácil. Acho que até ele ficaria feliz :)
    Beijos
    Viviane

    ResponderExcluir
  43. Olá!
    Também não concordo com essa modificação pois o texto vai perder a sua essência. Machado de Assis realmente é uma leitura difícil, mas era a época em que viviamos. Então tem que ser conservada.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, fique à vontade para comentar no blog. Deixe o link do seu blog também, que visitarei ele assim que ver seu comentário. Obrigada pela visita ♥



© Jovens Leitores - 2015. Todos os direitos reservados | Criado por: Irisvanda Bento Vieira .